Inveja é uma m*

Inveja. Eu a tenho. Tu a tens.

A inveja é um peso. Impede que você pense na sua vida e desvia o foco para a obra alheia.

(Foto: Unsplash)

Porque, sim, somos humanos e precisamos assumir que a felicidade do outro nos incomoda.

Eu não aguento mais gente que (supostamente) deu certo na vida. Inveja é uma merda. Como combatê-la?

Olhando para as coisas boas que você possui, dentro de si e à sua volta; parando de se comparar com os outros e prestando mais atenção em você; enxergando o milagre que é estar vivo; estudando, evoluindo, conhecendo o mundo e a si mesmo.

Quanto mais a gente fala das coisas ruins, menos atenção a gente dá para as coisas boas e a vida vai ficando ruim, ruim, ruim.

As palavras que dizemos têm um poder extraordinário de levar nossa vida adiante.

Enquanto as palavras positivas são capazes de nos fazer avançar, as negativas têm o poder de nos puxar para trás. E se for assim, nunca chegaremos ao nosso destino, não importa o quanto possamos ir longe.

Vamos escolher palavras fortes, cheias de energia positiva e construtiva. Este é um dos métodos mais essenciais para se chegar a uma vida bem-sucedida.

O “efeito inveja do Instagram”, por Nina Lemos

A inveja é um fato. É só uma prova de que você é humano. Demasiadamente. E não sentir inveja depois das redes sociais é algo praticamente impossível de evitar, sejamos sinceros.

Segundo alguns estudos, é a inveja, inclusive, a grande responsável pelo sucesso do Instagram. Alguns postam coisas para causar desejo. Outros desejam. E assim segue a roda.